Documentário #FutebolNoTapajós: Idealização, concepção, produção e reverberação!

Captura de tela 2017-11-17 às 14.47.15.png

Quando iniciamos os preparativos para a realização da ação sócio-esportiva na vila de Suruacá, em Santarém, no Pará, ainda não imaginávamos a grandeza e repercussão que o período de vivência em uma região ribeirinha iria proporcionar através do projeto #FutebolNoTapajós. Em junho, 32 pessoas  entraram no clima, vestiram a camisa da Ginga e seguiram pelo Rio Tapajós para realizar, em quatro dias, atividades, trocas e interações para  promover o desenvolvimento e empoderamento da comunidade através da nossa maior paixão, o futebol (veja aqui em outro post detalhes da ação).

Era a primeira intervenção coletiva do nosso movimento e  registrar cada detalhes da imersão e da experiência em uma obra audiovisual seria primordial para compartilhar os ideais e sonhos do nosso movimento da Ginga.Fc. O documentário seria a ferramenta mais adequada para tangebilizarmos tudo isso.

"A produção desse material foi um grande desafio. Pois, além de mostrar toda a grande energia e riqueza de trocas e interações que tivemos com a comunidade de Suruacá, ele também precisava mostrar 'o que é' a Ginga.Fc e 'o que buscamos' fazer como movimento" conta Felipe Oliveira, co-fundador da Ginga.Fc

Além dos baixos recursos disponíveis, haviam outros grandes desafios. Não era apenas um vídeo. Além de qualidade, afinidade com a energia do projeto era um item bem importante. Eduardo Figueiredo, ou simplesmente o Dudu, um grande amigo, talentoso e sensível na produção de fotos e vídeos, foi convidado a tornar essa missão uma realidade, liderando criativamente e com maestria a produção da obra.

Com sorriso no rosto, entre a correria e a dinâmica das atividade, Dudu fez belos registros e muitas entrevistas, auxiliado por Alex Fisberg, encarregado pelas captações aéreas com o drone, a imersão ganhou vida através das lentes. É possível sentir o lugar com o trabalho que foi feito. Depoimentos de participantes e de moradores locais deram sensibilidade, mostrando com verdade o poder transformador do futebol e o processo de trocas entre todos os envolvidos. 

"Ir pra Amazônia com a responsabilidade de documentar a ação da Ginga.Fc, mais do que uma oportunidade foi um grande privilégio. No lugar de quem nunca tinha tido contato com a exuberancia e força da natureza dessa região e da cultura dos povos da floresta, foi difícil me dividir entre a pessoa que observava e registrava tudo que acontecia e a pessoa que queria viver tudo a flor da pele... Buscando um equilíbrio entre essas duas presenças, com o Doc acredito que chegamos em um resultado que consegue traduzir um pouco tanto das experiências que foram vividas em Suruacá quanto das emoções que foram sentidas por todos que tiverem a alegria de participar dessa ação", conta Eduardo Figueiredo (Dudu)

Após o conclusão da experiência e retorno para São Paulo/SP, iniciamos o processo de decupagem das imagens e edição que durou quase dois meses. Com 19 minutos de duração, feito com cuidado e carinho para mostrar com fidelidade tudo o que foi experienciado por lá, Também fizemos questão de produzir uma obra de maneira totalmente acessível e inclusiva. O material conta com os recursos de audiodescrição, interpretação de Libras e legenda descritiva

LANÇAMENTO DO DOCUMENTÁRIO:

#FutebolnoTapajós foi oficialmente lançado no dia 2 de agosto, em São Paulo, na Casa Bartira, e contou com a presença de amigos e parceiros. Desde então, tem sido exibido em eventos, palestras e workshops personalizados, em locais como faculdades, escolas, ONGs, empresas e espaços públicos. 

No mês de outubro a obra foi postada em nossa página do Facebook e YouTube. Em seu primeiro mês de lançamento, a obra já foi vista por cerca de 17.000 pessoas, considerando as exibições 'in loco' e na internet. Caso você tenha interesse em agendar uma exibição entre em contato conosco por aqui!

A Ginga.Fc é um movimento de união, cooperação e transformação que não teria acontecido se não fosse o envolvimento e a conexão de diversas pessoas, todas creditadas na parte final da obra. Nosso objetivo com este trabalho é poder mostrar o poder da conexão entre as pessoas e também a força do futebol sendo usado como ferramenta de empoderamento social. Em nossas exibições estes temas são discutidos em momentos pré e pós filme. 

Quando dizem que futebol não é só futebol, é porque através dele promovemos inclusão, educação, disciplina, desenvolvimento e enxergamos a alegria, esperança e o amor nas pessoas. O poder humano desse esporte ultrapassa qualquer quatro linhas. 

Estamos muito felizes em compartilhar esta obra com todos. Vem com o Ginga.Fc e seja parte desse movimento transformador. 

Assista abaixo o mini-documentário #FutebolNoTapajós. Se preferir, a versão sem acessibilidade pode ser vista neste link: https://youtu.be/qvXESuajMCM

[Ficha Técnica] 
Realização: Ginga.Fc
Documentário: Eduardo Figueiredo
Produção Executiva: Felipe Oliveira & Felipe Rigolizzo
Imagens Aéreas: Alex Fisberg
Acessibilidade Audiovisual: Gama.tv

A molecada de Suruacá curtiu. Esperamos que vocês gostem também! ;)

*Christiane Musse colaborou para esta publicação.