Ginga.Fc e Coletivo Salve Kebrada se unem para fortalecer o futebol feminino da Aldeia Guarani Mbya

56429271_3395829110700408_1241451341901987840_o_Easy-Resize.com.jpg

Uma das principais virtudes do nosso movimento é acreditar na força do trabalho do coletivo, das conexões e da co-criação para viabilizar e amplificar ações de impacto social positivo, que contribuam para melhorar a vida de pessoas e comunidades.

Acreditamos que “Juntos Somos Mais Fortes". E, é pensando desta forma que desde o início deste ano estabelecemos uma parceria com o Coletivo Salve Kebrada e estamos atuando juntos em um projeto na Aldeia Guarani Mbya, localizado no Pico do Jaraguá em São Paulo.

O Salve Kebrada é um coletivo de pessoas que busca contar histórias de moradores do Jaraguá com o objetivo de mostrar a realidade local e fortalecer iniciativas na região por meio de atividades ligadas as art, cultura e esportes. Um dos principais focos do movimento é acompanhar os times de várzea da região. E foi este interesse em comum pelo futebol que nos uniu em busca de um objetivo: fortalecer o futebol feminino praticado pelas mulheres da aldeia.

Um dos primeiros passos da parceria foi o desenvolvimento de novos uniformes para o  Xondarias Guarani,  time de futebol feminino da aldeia  Guarani Mbya.

Um dos primeiros passos da parceria foi o desenvolvimento de novos uniformes para o Xondarias Guarani, time de futebol feminino da aldeia Guarani Mbya.

O futebol é uma das grandes paixões das mulheres indígenas Guarani que vivem na aldeia. Além de acompanhar todas as informações sobre o esporte, elas adoram praticar e jogar futebol. Os jogos entre elas acontece quase que diariamente no campinho local da aldeia.

Há algum tempo elas criaram o time Xondarias Guarani. O nome ‘Xondarias’ significa ‘Guerreiras’ na língua indígena guarani. Um verdadeiro time de guerreiras que estava precisando de apoio para conseguir se estruturar e prosseguir em busca de seus objetivos.

O início deste trabalho começou a ser desenvolvimento no primeiro semestre deste ano. Um dos primeiros passos foi desenvolver um novo jogo completo de uniformes para todas as jogadoras do time, que é composto atualmente por 18 mulheres entre 16 à 50 anos de idade. Todas elas indígenas e moradoras da aldeia. Todo o processo de criação dos uniformes foi feito em conjunto com as mulheres, visando atender a todas as necessidades, exigências e preferências delas.

Recentemente as mulheres do Xondarias Guarani receberam a visita da  Ludmila , jogadora da  Seleção Brasileira de Futebol Feminino  e que disputou a última  Copa do Mundo  da modalidade.

Recentemente as mulheres do Xondarias Guarani receberam a visita da Ludmila, jogadora da Seleção Brasileira de Futebol Feminino e que disputou a última Copa do Mundo da modalidade.

O apoio inicial de estrutura e materiais esportivos foi completado com a aquisição e fornecimento de chuteiras e bolas de futebol da Ginga.Fc.

O segundo passo foi fazer com que o time Xondarias Guarani começasse a adquirir experiência de jogos oficiais e competições com maior frequência. Este trabalho começou com a inscrição e participação na Copa da Paz, um dos torneios mais tradicionais entre times femininos na cidade de São Paulo. Mesmo saindo derrotada nos dois jogos disputados, a equipe adquiriu mais experiência e saiu da competição motivada e determinada para seguirem treinando e evoluindo como time. Um primeiro passo estimulante para a sequência do trabalho e jornada, liderada por Rodrigo Benevenuto, treinador da equipe e um dos fundadores do Coletivo Salve Kebrada.

Desde então a equipe tem realizado amistosos com bastante regularidade, alternando entre jogos de futebol de campo e futsal. Recentemente também fizeram uma viagem até a cidade de Bertioga, litoral norte de São Paulo, para disputar um torneio com times femininos de outras aldeias.

Nestes últimos dias, uma grande surpresa levou muita alegria para a equipe. A atleta Ludmila Santos, atacante da Seleção Brasileira de Futebol e do Atlético de Madrid-ESP, visitou a aldeia para bater um papo e jogar futebol com as meninas. Um momento de muita inspiração que ficará marcado para sempre na memória de todas elas.

Estamos apenas no início de trabalho desta parceria e ainda tem muita coisa vindo pela frente. O trabalho de treinamento, realização de amistosos e participações em campeonato será continuado e amplificado. Para as próximas semanas também está sendo previsto um novo fornecimento de materiais esportivos para a equipe.

Um plano ainda maior esta começando a ser colocado em prática. Um dos próximos passos da parceria tem como foco realizar reformar o campinho local da aldeia e fornecer uma estrutura física mais adequada para a equipe e todos os moradores da aldeia.

Essa é mais uma iniciativa da Ginga.Fc que busca fortalecer e contribuir para o desenvolvimento do futebol feminino no Brasil. Além do trabalho com a Xondarias Guarani, nosso movimento tem atuado e fortalecido outros times e iniciativas que busquem empoderar as mulheres e transformar suas vidas através do futebol. Estamos preparando um novo post em nosso blog onde vamos contar um pouco mais sobre essas iniciativas.

Para finalizar esse post, fizemos uma curadoria de imagens da Xondarias Guarani. As fotos são de duas pessoas que acompanham e fortalecem de perto cada passo dessa jornada do time de guerreiras Guarani, os fotógrafos @thi_agocarvalho (Thiago Carvalho) e @Trilhafavela (Rogério Souza).

Seguimos em frente. Avanti Xondarias! ;)